29 abril 2011

Depoimento de um ex-alcoólatra


Particulamente eu contesto o rótulo de ex-alcoólatra, sabendo-se que alcoolismo não tem cura, isso agora é fato, reconhecido por vários orgãos, inclusive pela Organização Mundial de Saúde (OMS), prefiro ser realista e me auto-ajudar com a consciência de que sou alcoólatra, por isso mesmo não posso e não devo colocar álcool na boca, pois tal procedimento reativará novamente a doença e o caos voltará a minha vida. Muitos que conseguem parar de beber, voltam apoiados nesse titulo de ex-alcoólatra, achando estarem curados. Prefiro dizer a mim mesmo : Sou alcoóltra, mas não bebo mais.





14 comentários:

  1. Nós do Centro de Tratamento Raios de Sol da cidade de Vinhedo-SP, Região da Grande Campinas, tomamos a liberdade de copiar este vídeo para apresentá-lo em nosso Blog. E, através disso, ao final da Postagem colocamos o crédito ao seu Blog, além de perpetuarmos o link em nossa lista de parceiros e indicações. Mas, claro, se vocês, de alguma forma, acharem que há alguma restrição, nós retiramos imediatamente sem nenhum constrangimento, e nos desculpamos por tal ousadia. Porém, se sua posição for positiva, gostaríamos que realmente fossemos parceiros, pois nossos objetivos são de certa forma comuns. E queremos também disponibilizar todas as postagens existentes em nosso Blog para o seu; que cremos com certeza que também encontrarão assuntos nas postagens de conteúdo da mais extrema utilidade ao seu público.
    Por hora, agradecemos pela colaboração e atenção que possam nos dispensar.
    As desgraças do Século XXI chamadas Drogas e Alcoolismo são extremamente poderosas, e nossa união se faz cada vez mais necessária no combate a elas.
    Obriagdo, por enquanto e "Só Por Hoje"!
    Raios de Sol-Viver Vale a Pena!

    ResponderExcluir
  2. sou alcoolatra sei muito bem o que se sente mais os que estao fora nao sabem tentei o suicidio 2 vezes estou no momento sobre tratamento a 2 anos perdi muitas coisas o mais doloroso foi meu filho de 10 anos se tivesse sido melhor mae nao sofreria tanto minha mae e meus irmaos nao querem me ver so conversamos por telefone doi muito a solidao me consome tenho 2 filhos mudei pois o menor tem 5 anos mis sou triste nao tenho amigos eu me isolei do mundo quero manter contato quer ser meu amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por ver o blog ! Você já é minha amiga e posso afirmar que todos que tem essa doença passam por situações horríveis na vida, e eu não fui diferente. Sendo assim posso afirmar a você que depois de muita luta e sofrimento venci, reconquistei minha família, respeito, dignidade, auto-estima e aprendi a valorizar os verdadeiros amigos. Há cinco anos limpo não vacilo nem um instante pois alcoolismo não tem cura, sendo assim eu entendo perfeitamente seu sofrimento mas posso afirmar que terá tudo de volta inclusive seu filho e toda a sua família, confie. Conte comigo será um prazer enorme ajudar você a dar a volta por cima e mostrar que é capaz de viver sem o álcool. Um grande abraço e força

      Excluir
    2. ola sou um alcoolatra tambêm tive a dor da perda de um filho com 17 anos talvez a bebida tenha contribuido para perda sofro com tal situação mas tenho fé que um poder superior a nos mesmo a de cuidar de nos tenho vivido apenas 24 horas 24 horas a todos vcs

      Excluir
    3. Muita força e não fique se culpando pelo que aconteceu com seu filho pois isso nada ajuda em sua recuperação. Tenha sempre a consciência de que você pode, deve e merece como todos que sofrem dessa doença um tratamento mas que tudo depende primeiramente de você. Força sempre !

      Excluir
  3. oi misael estou feliz por saber que algem me escutou sabe amigo sou muito so me fechei pro mundo nao sei conversa pois sempre algem me lembra o meu passado e como uma bomba pois sei que perdi muitas coisas com meu filho.misael minha mae nao me aceita na casa dela isso me deprime cada vez mais estou triste tentando viver assim mesmo amigo meu facebok e katia_ss12@hotmail.com so peço que sempre que tiver tempo conversaremos um forte abraço.

    ResponderExcluir
  4. ATRÁS DE UM PROBLEMA DE ALCOOLISMO, Á SEMPRE UMA INFÃNCIA DIFICIL,ONDE HÁ UM PROBLEMA QUE AS VEZES MÃE E PAI NÃO SE LIGA EM DAR ATENÇAO A SEUS FILHOS OU UM CHOQUE MUITO FORTE QUE ESSA PESSOA TENHA SOFRIDO , DAÍ AS VEZES NÃO TENDO CORAGEM PARA SE ABRIR COM ALGUÉM ,SE ERFUGIA NA BEBIDA OU EM OUTRAS COISAS QUE AO LIONGO SE TORNA INRREPARAVÉL, MAS AINDA ASSIM SE P´ROCURAR COM O CORAGEM E,VONTADE E CORAÇÃO DEUS ENVIA PESSOAS BOAS COMO ESSAS QUE AQUI SE ENCONTRA PARA AJUDAR ,TEM QUE QUERER MUITO E SE AMAR TAMBÉM ´POIS COM CERTEZA CONSEGUE, TENHA FÉ POIS DEUS AMA A NÓS TODOS ,É NÓS QUE TEMOS QUE APRENDER A NÓS AMAR,E NOS PERDOAR E SERMOS MUITO FELIZES ATÉ O ULTIMO DIA DE NOSSAS VIDAS,BEIJOS A TODOS E QUE DEUS NÓS ABENÇÕE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há muito tempo os Alcoólicos Anônimos vem afirmando que o alcoolismo é doença: Incurável - Progressiva - Letal se for atendido a tempo. 15% da população mundial tem a predisposição para desenvolvê-la. A OMS (Organização Mundial da Saúde), órgão das Nações Unidas, caracterizou que o Alcoolismo é uma doença. Não te culpe, é uma doença, e como todas as doenças, pode ser amenizada. Muitas 24 Horas de feliz sobriedade.

      Excluir
  5. ola a todos admiro a vossa coragem muitos parabens,é preçiso muita força de vontade sei isse o que é nunca passei por tal mas meu pai é um alcoolico e o prblema e que ele nao admite ele ja e assim a 20anos e eu como filha nao sei o que faser,amoo demais e ta a ser difçil.ele deixou de beber 9meses e agora voltou de novo e o pior é que ele é violente com mh familia.ele ta a faser com que nos afastamos dele.fica aqui um desabafo beijinhos a todos e muita coragem pq a vida é so uma por isse aproveita ao maximo.

    ResponderExcluir
  6. Passando por aqui, pesquisando, precisando de ajuda, precisando me encontrar...Deus me ajuda, é tão difícil essa doença, paralisa a gente, sinto meu corpo petrificado, me espírito arrependido...tenho 2 filhos lindos e o q estou passando p eles?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sabedoria de A. A. nos ensina que, devemos viver um dia de cada vez, é só por hoje! Portanto, se estás em recuperação, um grande caminho já se iniciou. Se ainda não buscaste ajuda, procure uma sala de recuperação de A. A., lá aprenderás sobre esta nossa triste doença. Muitas 24 horas de sobriedade. Lembra-te, é só por hoje, desliga-te do ontem, tendo-o somente como lição, e entregue o futuro ao Poder Superior.

      Excluir
  7. Estou ha 4 dias hj sem beber, ja tentei parar varias vezes, sempre que algo de ruim ou grave acontece, pelo remorso e peso na consciencia; sabado passado sofri "mais um" acidente de carro, provocado por mim, dessa vez foi só perda material.. mas me cansei quero mudar de vida, tudo... não aguento mais viver nessa vida de ilusão e sofrimento, tive uma infancia mto trsite e dificil, cresce revoltado, aos 14 comecei usar drogas, parei, e aos 20 comecei beber desesnfreadamente, para suprir oq faltava na minha vida para ser feliz... hj estou com 27 anos, e estou dependente do alcool.. ja perdi familiass, namoradas, varios carros e outros bens materiais, e as unicas pessoas que tenho como familia é minha mae e irmã, porem elas nao moram comigo e isso me faz sentir muito só.. essa solidao me incentiva mais ainda a beber e procurar os falsos amigos de bebedeiras.. é quando mais uma vez eu caio e acontece algo que me deixa desesperado.. estou desde sabado como disse sem beber.. espero que eu consiga viver um dia de cada vez sem que eu necessite dessa maldição que é o alcool! foi mto bom para mim ler os outros depoimentos, de pessoas que nao sao diferentes do meu caso. boa sorte a todos, felicidade um dia de cada vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns amigo, um dia de cada vez mesmo. Não sou diferente de você, sofri muito por causa do alcoolismo e quase perdi minha vida, porém estou limpo desde outubro de 2007 e a luta de alcoólatra é pro resto da vida porque alcoolismo não tem cura. Muita força pois você deu um passo gigantesco reconhecendo que é dependente de álcool, esse é o primeiro passo e o mais importante. Quanto a recaídas, não é vergonhoso não, mas tente se "afastar" das amizades que bebem, veja bem se afastar não significa ignorá-los, apenas evitar lugares onde você sabe que a bebida sempre está em primeiro lugar. Grande abraço e conte comigo.

      Excluir
  8. Tenho 24anos.começei a beber de frescura com os amigos, começei aos 15 anos, me sentia alegre e corajosa...com o tempo passei a tomar cada porre terrivel, acordava nervosa,angustiada,triste e arrependida. Passei a sentir depressoes horriveis..tenho exemplos de alcolatras na familia, mas a gente sempre pensa que com nos nao vai ser a mesma coisa. Hoje vejo que minha separaçao foi causada pela bebida os dois bebiam juntos, era terrivel.. Um dia sai de uma festa minhas falsas amigas me deixaram sozinha, sai com um homem que nao sei de onde é, nao sei quem é nem se quer o nome, so tenho as vagas lembraças de nos dois em um motel. Que terrivel que depressao no dia seguinte me senti suja, parece que perdi aquela pureza que eu tinha,aquele sorriso verdadeiro. Nao bebo todos os dias, nunca bebi. Mas quando eu bebo eu nao sei me controlar. Esqueço as coisas, falo bobagem. Falo coisas que nao eram pra falar, fico feia. O outro dia fico triste enjuada, depressiva, culpada.. Bebida é um suicidio lento. Que vergonha encarar as pessoas no outro dia, depois de ter feito e falado horrores bebado. Larguem esse vicio enquando é cedo. Todo mundo tem o direito de ser feliz e amado. Todos merecem uma nova chance. é so ter fé e força em nos mesmos.vamos la gente todo mundo vai melhorar e ainda vamos provar pra todo mundo o quanto somos fortes e capazes de ser felizes e livres pra viver em paz.

    ResponderExcluir