14 maio 2011

Alcoolismo e Suicídio

Estudos Norte Americanos mostraram que 33% a 69% dos suicídas apresentavam ALCOOLEMIA positiva. De fato, nos Estados Unidos, 16,5% dos suicídios estão relacionados com o álcool. No Reino Unido, um estudo de suicídios ocorridos entre 1988 a 1995 determinou que 45% das vitímas apresentavam ALCOOLEMIA positiva, com maiores porcentagens na faixa etária de 35 a 44 anos. Alcoólatras são de 5 a 20 vezes mais propensos a se matar, enquanto o mau uso de outras drogas aumenta o risco de 10 a 20 vezes. No Brasil, um estudo realizado com 290 vítimas de suicídios na cidade de São Paulo, 36,2% apresentavam ALCOOLEMIA positiva. Cerca de 15% dos alcoólicos cometem suicídio, e cerca de 33% dos suicídios tem menos de 35 anos, têm um diagnóstico primário de álcool ou abuso de outras substâncias, mais de 50% dos suicídios estão relacionados a dependência de álcool ou drogas. Sabe-se que o consumo de álcool aumenta a agressividade e essa afirmação é também válida para violência dirigida a si mesmo. Em adolescentes o álcool desempenha um papel de até 70% dos suicídios.




Nenhum comentário:

Postar um comentário