24 julho 2011

Mentiras sobre adicção


Mentiras sobre adicção

Existem muitas crenças populares sobre uso de álcool e drogas, e muitas delas são mitos. Veja aqui as principais mentiras e verdades sobre drogas.

Fundo do poço

Uma delas é que a pessoa precisa chegar ao fundo do poço antes que possa receber ajuda. Isto é totalmente errado. Na verdade, é o contrário. Quanto mais cedo no processo de alcoolismo você puder intervir e ajudar, maiores as vantagens.

Tratamento voluntário

Outro mito é que a pessoa precisa querer ser tratada para melhorar. Pessoas que são forçadas a se tratar se recuperam sim. Isto pode ser mais difícil mas funciona. Mas não basta internar a pessoa numa clinica contra a vontade dela, sem outro motivador. Precisa mais do que isto. Adictos podem ser empurrados para entrar em programas de tratamento pelos patrões, familiares ou a polícia se quem tiver empurrando deixar claro os benefícios disto, ou os prejuízos de não participar do programa. Chefes podem ameaçar demitir alguém se não se tratar, uma esposa pode ameaçar abandonar o relacionamento, ou a justiça pode oferecer tratamento para relaxar a pena. (Nos Estados Unidos, pessoas condenadas por crimes não violentos relacionados a drogas podem ir para tribunais especializados alternativos, onde podem reduzir a sentença ou mesmo evitar a prisão se entrarem num programa intensivo de tratamento.) Na verdade, pesquisas mostram que os resultados entre os que foram obrigados a fazer tratamento podem ser tão bons quanto dos que entraram em tratamento voluntariamente.

Adictos são maus, loucos ou burros

Pesquisas mostram que adictos não são pessoas más que precisam se tornar boas, pessoas insanas que precisam recuperar a sanidade, ou ignorantes que precisam de educação. Adictos possuem uma doença cerebral que vai além do uso de drogas.

Adictos possuem um problema de força de vontade

Este é uma crença antiga, provavelmente baseada no desejo de culpar os adictos pelo uso de drogas em excesso. Este mito é reforçado pela observação de que a maioria dos tratamentos para alcoolismo e adicção são comportamentais, do tipo terapia com psicólogo, que tendem a criar auto-controle. Mas adicção ocorre numa área do cérebro chamada sistema mesolímbico de dopamina, que não está sob controle consciente.

Adictos deveriam ser punidos, e não tratados, por usarem drogas

A ciência está demonstrando que os adictos têm uma doença cerebral que faz com que eles tenham um controle deficiente do uso de drogas. Adictos precisam de tratamento  para a o problema neuroquímico cerebral.

Pessoas adictas a uma droga são adictas a todas as drogas

Apesar de isto acontecer algumas vezes, a maioria das pessoas que são dependentes de drogas podem ser dependentes de uma ou duas drogas, mas não todas. Isto acontece provavelmente devido ao jeito que cada droga se “encaixa” à química cerebral da pessoa.

Adictos não podem ser tratados com medicamentos

Na verdade, adictos são desintoxicados em hospitais, quando necessário, com freqüência. Mas será que eles podem ser tratados com medicamentos depois da desintoxicação? Novos remédios estão sendo desenvolvidos para ajudar os pacientes que já pararam de usar drogas para restringir a fissura por drogas viciantes. Estes remédios reduzem as chances de recaídas e aumentam a eficácia de terapias com psicólogos.

Adicção é tratada com terapia comportamental, então deve ser um problema de comportamento

Novos estudos de mapeamento do cérebro estão mostrando que tratamento comportamentais, do tipo psicoterapia, e remédios agem igualmente alterando as funções cerebrais. Então, adicção é uma doença do cérebro que pode ser tratada mudando funções cerebrais, atraves de diversos tipos de tratamentos.

Alcoólatras podem parar de beber simplesmente participando de reuniões do AA, então eles não podem ter uma doença cerebral

A palavra chave aqui é esta “simplesmente”. Para a maioria das pessoas, AA é um trabalho duro e eterno dos Doze Passos. Este sistema de ajuda entre pessoas com uma experiência comum é um dos ingredientes ativos da recuperação no AA. Mas o AA não funciona para todo mundo, mesmo para muitas pessoas que querem realmente parar de beber.



Nenhum comentário:

Postar um comentário