07 setembro 2011

Sócrates e sua Luta contra o Alcoolismo



Obrigação de Sócrates é lutar contra o alcoolismo, diz mulher.
07/09/2011 - 14h15


Pela primeira vez desde que Sócrates, 57, foi internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Albert Einstein, Kátia Bagnarelli, mulher do ex-jogador, reconheceu nesta quarta-feira que os problemas que o marido vem enfrentando são em decorrência do consumo de álcool.
"Ele sempre foi tímido, às vezes se sentia muito sozinho, e a válvula de escape era a bebida. Ele sabia que isso um dia ia acontecer. Ele nunca mais vai poder beber nada. Ele tem uma doença [cirrose]. Já falei com os médicos e vamos resolver tudo aqui no Brasil mesmo", explicou Kátia.

Kátia disse também que vai incentivar Sócrates, assim que ele sair do hospital e se recuperar, a iniciar uma campanha contra o alcoolismo para conscientizar outras pessoas.
"Depois de tudo isso por que estamos passando aqui, é uma obrigação minha e dele tentar conscientizar as pessoas sobre o problema do alcoolismo. O arrependimento [dele] veio agora, me vendo sofrer e pelo sofrimento físico que ele está sentindo", completou.
Segundo ela, Sócrates não consome álcool desde o dia 10 de agosto, quando bebeu cerveja em Cuba. Se quiser entrar na fila do transplante de fígado, ele precisa estar 6 meses sem consumir bebida alcoólica.
Sócrates foi internado pela primeira vez no dia 19 de agosto por conta de uma hemorragia digestiva alta devido à hipertensão portal, uma pressão excessiva na veia porta, que leva o sangue do intestino para o fígado. Ele recebeu alta no dia 27, mas na última segunda foi internado novamente.
Formado em medicina, atualmente Sócrates trabalha como comentarista na TV Cultura e é colunista do "Agora São Paulo", do Grupo Folha, e da "Carta Capital". Como jogador, ele foi um dos principais nomes da chamada 'Democracia Corintiana' no início dos anos 1980 no clube paulista. Jogou ainda pelo Flamengo e pelo Santos, além do Botafogo-SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário