10 outubro 2011

Alcoolismo na Família Imperial



Problemas da Casa Imperial agravam alcoolismo de príncipe japonês

Tomohito de Mikasa, é o sexto na linha sucessória da casa real japonesa.
Ele tornou público seu alcoolismo

O príncipe japonês Tomohito de Mikasa, primo do imperador Akihito, acredita que seu alcoolismo se agravou nos últimos tempos devido aos recentes problemas da Casa Imperial, segundo informa a imprensa japonesa.

"A quantidade de álcool que eu bebia aumentou muito nos últimos três anos", explicou o príncipe.

Segundo o jornal "The Japan Times", ele se refere a problemas como a admissão, por parte do príncipe herdeiro, Naruhito, de que a sua mulher, Masako, se sentia "sufocada" no palácio. Outra fonte de problemas era a polêmica sobre o acesso das mulheres ao trono do Crisântemo.

Tomohito de Mikasa sempre foi contra a idéia de que uma mulher pudesse herdar o trono japonês. Ele chegou a sugerir que o príncipe herdeiro recorresse a concubinas para conseguir um filho homem, pois Naruhito e Masako só têm uma filha. 

O príncipe citou também, de forma genérica, problemas em sua própria família. Ele é casado com Nobujo, irmã do ministro de Relações Exteriores, Taro Aso. 
Tomohito de Mikasa, sexto na linha sucessória da casa real japonesa, tornou público seu alcoolismo, pouco antes de se internar durante um mês para se recuperar de sua dependência.

"Sou o príncipe Tomohito, o alcoólatra", disse recentemente o príncipe japonês numa conferência em Sendai, no nordeste do país, provocando risos do público.

"Já era um dependente de álcool na Universidade e não gostaria que alguém pensasse que o problema surgiu nos últimos anos", acrescentou.

O príncipe japonês tem uma saúde extremamente delicada. Desde 1991, foi operado em sete ocasiões de vários tumores na garganta e no esôfago.





“Alguns pacientes estão muito felizes por saber que tem um colega da família imperial.”
Príncipe Tomohito







Nenhum comentário:

Postar um comentário