09 março 2012

Álcool, a maior droga liberada !

fonte : Pura Cultura



Álcool, a pior droga do mundo!


A pior espécie de droga é aquela considerada "social". Consumo fácil, permitido aos adultos e alcançado por crianças também, mesmo contra a Lei. Quando pensamos em droga, nossa mente está condicionada a imaginar o crack, a cocaína, a maconha, lsd, e afins como drogas perigosíssimas. E são, mas o que vemos de geração a geração é o esquecimento e o descaso com a periculosidade do alcoolismo. O que antes era só vinho, hoje é whiskie,run, aguardente,cervejas enfim, uma série enorme de produtos fartamente banhados a álcool que induzem os humanos a este miserável vício. Obviamente não se falam em números, até porque a indústria do álcool gera fortunas, semelhantemente a do tabaco, então voltemos as atenções ao crack. Ora, sabemos que o consumo de álcool afeta todos os sistemas orgânicos do ser humano, degradando-o física e moral e socialmente. Deliriuns Tremens, Amnésia alcoólica,agressividade, depressão, dependência alcoólica, baixa-auto-estima, cirrose. O consumo excessivo de álcool ataca o coração, fígado, pâncreas, sistema nervoso, cérebro e pode levar o indivíduo à morte. É uma doença e todos sabem disso, mas persegue-se o mosquito causador da dengue, mas permite-se que se venda em larga escala,um dos maiores causadores de mortes no mundo. Tratar um doente de alcoolismo não é tarefa fácil e por isso vários grupos como o Alcoólicos Anônimos (AA) lutam e une indivíduos que desejam a cura deste terrível mal. São milhares de casamentos destruídos, carreiras promissoras lançadas literalmente na sarjeta, empregos perdidos, suicídios cometidos, agressões físicas, agressões morais, atos profanos, crimes de trânsito, enfim várias são as nuances que envolvem o alcoólatra. Logicamente não se está aqui falando daqueles que bebem "socialmente", mas dos viciados crônicos, aquele que não se contêm e fazem qualquer coisa por um gole a mais. Pessoas que perderam a identidade, se tronaram escravos da bebida, que destruíram suas vidas em função do álcool. Se voce bebe, tome cuidado, não dirija e se for dirigir, não beba. Estabeleça um limite seguro quando for beber, procure manter-se sóbrio e sem cometer excessos, se perceber que está sonolento ou tornando-se agressivo, trêmulo ou esquecendo-se dos acontecimentos, pare de beber e repense sobre a bebida e os males que ela pode lhe trazer. Lembre-se, o consumo excessivo de álcool só beneficia quem ganha com ele, os produtores, vendedores e revendedores, para voce, amigos e família, só sobrarão os prejuízos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário