10 junho 2012

Uma dose diária é suficiente para expor a mulher ao risco de câncer de mama


Câncer

Consumo de álcool aumenta o risco de câncer de mama

Pesquisa indica que mesmo a ingestão de apenas uma dose por dia já é o suficiente para expor as mulheres a uma maior chance de desenvolver a doença

Basta uma dose de bebida alcoólica por dia para aumentar o risco das mulheres desenvolverem câncer de mama em 5%. A conclusão é de uma revisão de 113 estudos feita por pesquisadores da Alemanha, França e Itália, publicada nesta quinta-feira no periódico Alcohol and Alcoholism. Para mulheres que bebem mais — três ou mais doses por dia — o risco de contrair a doença aumenta em 50%.
CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Epidemiology and Pathophysiology of Alcohol and Breast Cancer: Update 2012

Onde foi divulgada: periódico Alcohol and Alcoholism

Quem fez: Helmut K. Seitz, Claudio Pelucchi, Vincenzo Bagnardi, Carlo La Vecchia

Instituição: Universidade de Heidelberg (Alemanha), Universidade de Milão (Itália), Instituto Internacional de Prevenção e Pesquisa (Lyon, França)

Dados de amostragem: 113 estudos sobre a relação entre o baixo consumo de álcool e o câncer de mama


"Os resultados indicam que mulheres com elevado risco de desenvolver câncer de mama (como as que têm casos na família) devem evitar bebidas alcoólicas ou consumi-las apenas ocasionalmente", afirmaram os pesquisadores.
Segundo o estudo, a relação entre álcool e câncer de mama foi estabelecida pela primeira vez na década de 1980. Acredita-se que o álcool aumente os níveis do hormônio estrogênio, aumentando o risco de câncer de mama. Pesquisas já demonstraram que o álcool está associado a cânceres conhecidos como “receptores positivos de estrogênio”, que necessitam do hormônio para crescer.
Para os pesquisadores, 2% dos casos de câncer de mama na Europa e na América do Norte estão relacionados com o baixo consumo de álcool, e 50.000 casos em todo o mundo se devem ao consumo pesado.
No Brasil, de acordo com estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA), serão registrados 52.680 novos casos em 2012. Em 2008, ano com as últimas estatísticas disponíveis, morrem 11.969 mulheres em decorrência do câncer de mama.

VOCÊ PODE EVITAR ESSE RISCO !


Nenhum comentário:

Postar um comentário