14 janeiro 2013

Álcool e sexo : Broxante ou Estimulante ?


Álcool e sexo: broxante ou estimulante?

 Mulheres sentem mais vontade de transar quando bebem e homens nos deixam na “lei seca”, quando estão no mesmo estado alcoólico? Essa foi a acalorada discussão da qual participei em uma festa, na semana passada. A mulherada dizendo que bebe e fica excitada, e reclamando que os homens não correspondem. E eles bem que concordaram, viu? Alguns disseram que depende da quantidade, outros, que depende da bebida, mas a maioria disse que, geralmente, broxa mesmo.
Será que os efeitos (sexuais) do álcool são mesmo diferentes nas mulheres e nos homens? “Data Sexpedia” com os amigos, no dia seguinte, e o placar foi bem parecido. Das seis amigas que me responderam, só uma disse que o único desejo que tem quando bebe é dormir. Os rapazes desviaram um pouco do assunto: “se a mulher for muito gata, aí não broxo”, me disse um. “Tá, mas, então, se for a mesma quantidade com uma mulher feia e a mulher bonita, vai fazer diferença?, questionei. “Ah, se a mulher for bonita, já nem bebo muito”. Arrá, peguei! Então broxa mesmo eheheh. Mais respostas elaboradas: “Depende da bebida. Vinho: junta, aconchega, estimula sexo romântico e sem broxadas. Cerveja: também junta, mas mais galera do que um lance a dois; por incentivar muitas idas ao banheiro, faz parar pra pensar antes do sexo oral; pode broxar. Uísque: deixa a gente mais inconseqüente e folgado; pode estimular um sexo selvagem, mas transitamos perigosamente no terreno da broxisse”. Teve outra resposta parecida, dizendo que depende da bebida, e que o vinho broxa menos. Outro me disse que bebe, fica animadinho, mas tem que agir logo, senão dorme.
Confuso demais, resolvi procurar o que a ciência tem a dizer. Achei dois artigos interessantes no site about.com. Um falando sobre os efeitos do álcool no desempenho sexual de homens e outro no de mulheres. Parece que ambos, quando bebem pequenas doses, se sentem mais desinibidos e com mais vontade, o problema é que eles têm dificuldade de manter uma ereção quando estão alcoolizados. Os homens também reportaram dificuldades para ejacular e alguns diminuição de desejo. Os resultados de pesquisas com mulheres são contraditórios. Tem estudos dizendo que para elas, o consumo de apenas uma dose pode diminuir o desejo (quando a excitação é medida em laboratório). Agora quando o estudo é baseado em relatos de mulheres, o álcool vira estimulante (como aconteceu na minha “pesquisa”).
Confuso… Perguntei para a psiquiatra Camila Magalhães Silveira, coordenadora do Centro de Informação sobre Saúde e Álcool. “É comum a crença de que depois de uma bebida, as inibições pessoais diminuam e a coragem aumente, facilitando a busca do parceiro e a conquista. As expectativas muitas vezes são tantas que homens e mulheres relatam melhora do funcionamento sexual depois de tomarem um copo de placebo, acreditando beber álcool.
Já o consumo abusivo e crônico de álcool pode ocasionar efeitos negativos sobre as fases da excitação e do orgasmo em homens e mulheres”, ela me disse.
E para você, álcool estimula ou broxa? É uma questão psicológica, de quantidade, ou ambas? 



Nenhum comentário:

Postar um comentário