13 março 2013

Porque o alcoolismo é uma doença social ?


PORQUE o alcoolismo é uma doença social ? 
- Negligência perante a família 
- Numerosos divórcios
- desemprego
- Perda do círculo de amigos 
- Problemas financeiros
- Agressividade perante a sociedade 

Estas são as principais razões que levam um indivíduo a inserir-se no mundo do álcool, e depois mais tarde começar a sentir discriminação. 

O sentido de discriminação que gira em torno do alcoolismo, está relacionada com o seu uso excessivo. A forma como este é visto perante a sociedade, depende da pessoa em causa, do sexo, da idade e de seu estatuto social, isto é, podemos ver este abuso num jovem podendo apenas considerá-lo como irresponsável; se for uma pessoa com alto cargo na sociedade, é porque tem problemas de vários níveis; no entanto, se for uma pessoa com um aspecto mais duvidoso, que esteja desempregado, é considerado como alguém dependente, que necessita de tratamento. 
Este tipo de preconceito vai formar uma barreira que vai impedir as pessoas de pedir ajuda e também a criação dessas mesmas ajudas, com isto forma-se um grande distanciamento entre a sociedade. 
Para diminuir este distanciamento é fundamental sensibilizar a sociedade para a compreensão e apoio deste problema, visando como é importante a sua contribuição, para a criação de associações que tenham como objetivo ajudar tais indivíduos e facilitar a sua recuperação e a sua reinserção social. 

" A discriminação não vem dos fortes, mas sim dos fracos de espírito que se escondem de medo nesse escudo "  Cícero Ribas 

Porque será que apenas somos felizes quando apenas olhamos para os defeitos dos outros e fazemos juízos, muitas vezes errados, quando devíamos era olhar para nós e consertá-los, ajudando depois a consertar o dos outros. 
Na maioria das vezes, quando alguém nos pergunta se somos preconceituosos, se discriminamos algum grupo social, nós respondemos que não, no entanto, quando nos cruzamos com alguém, seja ele um ALCOÓLICO, um toxicodependente, um ex-recluso, nós viramos a cara e mudamos de passeio; quando vemos anúncios de sensibilização, dizemos, que << sim senhora, eu concordo >>, mas nada fazemos para ajudar. 
Está na hora de mudar isso...É hora de fazer cumprir aquilo que afirmamos. 

L  I  B  E  R  D  A  D  E

Nenhum comentário:

Postar um comentário