17 março 2015

MUSSORGSKI E O ALCOOLISMO !

Mussorgski 


Eis aí, o ALCOOLISMO! Mussorgski soçobrou num mar de vinho, conhaque e vodca, a ponto de transformar-se, de cavalheiro refinado em vadio anti-social. – Salomon Volkov –
Mussorgski passou a atravessar os dias e as noites nas mais degradantes tavernas da cidade, onde caminhava a passos largos no caminho da destruição. Seu trabalho como compositor, passou a ser relegado a um segundo plano. O alcoolismo o fez perder o emprego e a maioria das amizades. A saúde do músico deteriorou-se rapidamente. Suas condições físicas e mentais eram assustadoras. Os poucos amigos sempre o encontravam totalmente embriagado, os olhos ardendo em loucura, as roupas transformadas em farrapos. Todos os bens que possuía haviam sido consumidos com a bebida. O torturado Mussorgski acabou internado no Hospital Nikolaev, aonde a morte o esperava.
No dia em que comemorava seus 42 anos, ele subornou um enfermeiro, para que lhe comprasse uma garrafa de conhaque. Consumida em poucas horas, ela representou a última etapa do processo de autodestruição do jovem músico, que iria morrer uma semana depois, no dia 28 de março de 1881.
Fonte : Revista Digital / www.facebook.com/vencendooalcoolismo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário